INTERNET MÓVEL TEM VELOCIDADE MÉDIA DE 13MB/S NO BRASIL

Melhoria tanto na velocidade média quanto na própria abrangência de cobertura podem beneficiam os jogos mobile

INTERNET MÓVEL TEM VELOCIDADE MÉDIA DE 13MB/S NO BRASIL

Reprodução

A OpenSignal, empresa de consultoria e análises do mundo mobile, divulgou na última semana um estudo feito para averiguar a velocidade média de conexão móvel ao redor do mundo. O Brasil figurou na 50ª posição do ranking, com uma velocidade média de 13 Megabits por segundo. O primeiro lugar do ranking ficou com a Coréia do Sul, uma incrível velocidade média de 52,4 Mb/s.

Apesar de estar atrás da maioria dos países desenvolvidos, o Brasil apresentou um bom desempenho quando comparado aos seus irmãos latinos. O país tem a internet móvel mais rápida com relação aos países da América do Sul e, considerando toda a América Latina, fica atrás apenas do México (14,9 Mb/s em média).

Pode-se considerar que o Brasil está dentro da média global de velocidade de internet móvel. Além de nós, outros 34 países ocupam o grupo da faixa entre 10 e 20 Megabits por segundo.

(Número de países em cada faixa de velocidade média. FONTE: OpenSignal)

No começo do ano a OpenSignal já havia divulgado um relatório de experiência de rede mobile no Brasil. A empresa constatou diversos fatores sobre as redes móveis no país, como nível de cobertura da rede 4G, velocidade de download/upload e latência. Enquanto a TIM se mostrou como operado com maior cobertura de 4G ao redor do país, a CLARO se destacou como tendo a internet de melhor qualidade, vencendo todas as categorias sensíveis a desempenho e qualidade de experiência online.

ESPORTS MOBILE 

(Fonte: Reprodução)

A disponibilidade de uma rede móvel de qualidade está diretamente ligada ao mundo dos esports. Além de termos cada vez mais demanda de consumo de vídeos e streaming, os jogos mobile competitivos estão em plena ascensão. Segundo o último relatório disponibilizado pela Newzoo, empresa especializada em análise de mercado de games e esports, mais da metade da população brasileira utiliza seus celulares para jogar, representando 50% da população masculina e 51% da população feminina.

Não é apenas a melhoria de rede que vem crescendo neste setor. O acesso a smartphones com poder de processamento bom tem ficada cada vez mais comum no Brasil e no mundo. Isso demonstra o óbvio – um incrível cenário de expansão dos jogos mobile competitivos. A plataforma antes dominada apenas por jogos casuais, hoje possui inúmeros títulos com estrutura competitiva e dignos dos gamers mais hardcore, como PUBG Mobile, Free Fire, Clash Royale, Brawl Stars, Fortnite, entre tantos outros.

Esse fenômeno tem feito não apenas o público começar a dar o devido valor para o mobile, mas também as empresas. O aclamado Dota Auto Chess, mod de Dota 2 que chegou como um fenômeno incrível no ano passado, está com sua versão beta mobile já em período de testes. A Riot Games, por sua vez, anunciou que está trabalhando em uma versão mobile de League of Legends.

Com a chegada da tecnologia 5G e o aumento, em níveis globais, do desempenho das redes móveis, a experiência de se jogar online em smartphone deve ser cada vez mais aprimorada, não deixando tanto a desejar para os usuários de outras plataformas.