FEDERAÇÃO OLÍMPICA ALEMÃ REJEITA ESPORTS E PROVOCA REAÇÕES

Confira os detalhes

FEDERAÇÃO OLÍMPICA ALEMÃ REJEITA ESPORTS E PROVOCA REAÇÕES

eSportsBR

A Federação Olímpica Alemã (DOSB) afirmou que os eSports não cumprem com os critérios para serem reconhecidos como atividade esportiva. Segundo o DOSB, existe uma clara diferença entre simuladores de esportes eletrônicos (como FIFA e Formula 1), e jogos por eles classificados como “eGaming”, como o Counter Strike e o League Of Legends. Após análise, a DOSB divulgou uma nota onde diz não ver necessidade de incluir o esports nas Olimpíadas.

Os eSports estão a muito tempo na luta por regulamentação e reconhecimento mundial. Enquanto países como a Dinamarca estão dando um passo à frente, a Alemanha está tomando uma posição contrária. A federação aponta ainda a presença de violência nos jogos. Na argumentação, os alemães utilizaram a atual classificação da Organização Mundial da Saúde, que classifica os video games como causadores de possíveis riscos à saúde, devido seu "alto potencial de vício". A DOSB chegou a sua conclusão após um trabalho realizado com 25 pessoas para discutir a indústria do esporte eletrônico.

O CONTRAPONTO

De acordo com a Federação de eSports Alemã (ESBD) a DOSB falhou em compreender os conceitos básicos de esports como esporte. Em pronunciamento, o presidente da ESBD declarou "A liderança da DOSB perdeu a chance de se posicionar de maneira aberta em direção a um grande movimento de esports na Alemanha", disse ele. “Em vez disso, está perdendo a confiança da geração jovem no esporte”, completa.

Vale frisar que em 2018 foi realizado o primeiro teste de participação dos esports em um evento realizado pelo Comitê Olímpico Internacional. Durante os Jogos Asiáticos 2018 (segundo maior evento multi-esportivo do mundo, perdendo apenas para as Olimpíadas), tivemos campeonatos de League of Legends, Arena of Valor, Hearthstone, Starcraft 2, Pro Evolution Soccer 2018 e Clash Royale, com direito a pódium e premiação com medalhas. Em critérios de visualizações, o canal de esports dos jogos asiáticos teve 350.193 horas assistidas, o que representa 74,6% do total de horas assistidas em toda a competição.