FBI INVESTIGA GRUPOS DE DISCORD LIGADOS A CRIMES NA WEB

Popular aplicativo de mensagens utilizado pelos gamers está sendo utilizado por grupos criminosos

FBI INVESTIGA GRUPOS DE DISCORD LIGADOS A CRIMES NA WEB

Reprodução

O Discord, aplicativo de voice-chatting mais famoso entre os gamers, está sendo investigado pelo FBI, de acordo com a Forbes. Como aponta a matéria, o aplicativo, que atualmente conta com mais de 150 milhões de usuários, está sendo utilizado por grupos criminosos para arquitetar crimes na web.

As atividades ilegais praticadas pelos criminosas vão desde crimes "leves", relacionado ao roubo de informações como nome de usuário e senhas, até práticas mais graves como aliciamento de menor e crimes de ódio. 

“Apesar de não lermos as mensagens privadas das pessoas, investigamos e tomamos medidas imediatas contra qualquer violação reportada por um servidor ou usuário, o que pode incluir o desligamento dos servidores em questão ou o banimento de usuários”, informou um representante do Discord à Forbes. 

O Discord teve um crescimento gigantesco nos últimos anos. Fundada em 2015 pelos jovens empreendedores Jason Citron e Stanislav Vishnevskiy, a empresa fechou o ano de 2018 avaliada em mais de 2 bilhões de dólares. Além de ser o mais popular aplicativo de troca de mensagens entre os gamers, a empresa tem procurado expandir suas atividades com novos produtos, como é o caso de sua loja online, que tem intuito de bater de frente com outros grandes serviços, como a Steam e a Epic Games Store