CSGO: O QUE ESPERAR DA ETAPA FINAL DA SÉTIMA TEMPORADA DA ECS

Confira um guia completo com horários, transmissões, times e previsões. O que esperar dos brasileiros na competição?

CSGO: O QUE ESPERAR DA ETAPA FINAL DA SÉTIMA TEMPORADA DA ECS

FACEIT

O segundo grande evento de CSGO deste mês acontecerá amanhã, e conta com a participação de duas equipes brasileiras. A sétima edição do  Esports Championship Series (ECS) começa nesta quinta (06) e vai até domingo (09). O campeonato possui US$ 500 mil em premiação, e oito times que disputarão o título no SSE Arena, Wembley, em Londres.

Para chegar a competição as equipes tiveram de passar por qualificatórios regionais. A Astralis, North, Team Vitality e Ninjas in Pyjamas são os representantes europeus. Já a CompLexity, NRG, FURIA Esports e MiBR representam a américa do norte.

O QUE ESPERAR DOS PARTICIPANTES

Astralis

Os dinamarqueses são rigorosamente seletivos quanto a quais e quantos campeonatos participam e, após perder o posto de primeiro lugar no ranking para a Team Liquid, o time nórdico promete comprovar que ainda é o melhor time do mundo. Em sua última aparição, na Blast Pro Series Madrid 2019, o time dos “robôs” amargou uma derrota para a ENCE na grande final em um momento histórico para o Counter Strike, quando sua invencibilidade no mapa Nuke foi quebrada.

De certa forma o desempenho do “melhor time do mundo” é uma incógnita, já que, apesar de entrar como favorito em qualquer partida, pode a qualquer momento sofrer uma baixa de desempenho e não performar como o esperado. O ano de 2019 tem sido extremamente competitivo no CSGO profissional, com várias equipes evoluindo e se tornando favoritas a títulos em cada campeonato e, “pelo andar da carruagem”, o grande time da Astralis pode não conseguir repetir os êxitos que obteve em 2018.

Team Vitality

O time francês disputará a competição depois de uma série de bons resultados. Eles foram campeões do cs_summit 4, foram eliminados nas quartas de final do DreamHack Masters Dallas, e evoluíram para a quarta posição no ranking mundial. Os franceses terão de comprovar o merecimento de estarem no TOP 5 mundial, mas não joga com a mesma pressão de outras equipes e, portanto, podem surpreender mais uma vez.

MiBR

Os brasileiros são de longe a maior dúvida do campeonato. Como de costume a equipe chega como favorita ao título, além de serem os principais rivais da Astralis. Em abril o time teve um dos resultados mais expressivos em sua trajetória nos últimos tempos, quando foram semifinalistas do IEM Sydney 2019. Após este acontecimento o time “feito no Brasil” superou a Team Liquid ao classificar para a ECS, e a Renegades ao classificar para a Pro League S9.

O time comandado por Fallen promete provar que a “pausa” neste período para a dedicação em treinos foi efetivo. Habitualmente os brasileiros têm de provar serem capazes de retornar ao topo do ranking, mas para isso eles terão de evitar erros incomuns da equipe cometidos durante os jogos.

Ninjas In Pyjamas

O time de veteranos do CS terá mais uma chance de apresentar evolução. O último título conquistado pelos suecos foi em 2017, no Intel Extreme Masters Oakland, entretanto os europeus sempre permaneceram jogando em alto nível.  

FURIA Esports

Os outros brasileiros da competição recentemente, no DreamHack Masters Dallas, surpreendeu todo o cenário competitivo com ótimos resultados no campeonato. Além de vencer a NRG, Fnatic e Vitality a equipe emplacou disputas bem acirradas contra ENCE e Team Liquid. O time dos furiosos está ocupando a 11ª posição na tabela, mas ainda e está em constante evolução. Com um pouco mais de experiência internacional a equipe será capaz até mesmo de ser a maior representante brasileira no cenário, ocupando posições cada vez melhores no ranking, e participando cada vez mais de torneios de alto nível, como o ESL One Cologne ou o Major.



CompLexity Gaming

Os estadunidenses são certamente o time de menor expressão do campeonato. A equipe, que recentemente contou com a adição do jovem oBo, não possui muitas expectativas de grandes resultados, e portanto não é de se esperar que tenham um desempenho positivo na competição.

North

O desempenho mais recente do time do Norte foi também no DreamHack Masters Dallas 2019, onde a equipe venceu o Team Vitality no confronto de abertura, mas em seguida perdeu para a Team Liquid. Na tabela dos perdedores os dinamarqueses venceram a Windigo Gaming, mas perderam na revanche contra a Vitality. Para a ECS o time nórdico pode surpreender em partidas contra a MiBR e NiP, e entra como favorito contra as demais equipes, com exceção da Astralis e Vitality.

NRG Esports

Por último, mas não menos importante, os estadunidenses do energy. Os americanos performaram abaixo do esperado na última competição, mas podem apresentar melhores resultados na ECS. Os estadunidenses não são favoritos ao título, mas não podem ser subestimados em nenhum confronto. A possibilidade da equipe alcançar as semifinais é muito grande.

PARTIDAS

Astralis x FURIA

NiP x NRG

MiBR x North

Team Vitality x CompLexity

TRANSMISSÃO

Os jogos acontecerão a partir das 06:00 (horário de brasília) nos canais da FACEIT na Twitch e YouTube.

FORMATO E MAP POOL

O campeonato é dividido em fase de grupos, sendo a Astralis, Ninjas in Pyjamas, NRG e FURIA no grupo A. E CompLexity, MiBR, North e Team Vitality no grupo B. A etapa de grupos acontece com partidas de abertura em formato melhor de um mapa, e as demais em melhor de três. Dois times de cada grupo avançam para as semifinais. Com duas vitórias o time se classifica para o próximo estágio, com duas derrotas o time é eliminado.

O campeonato possui a rotação de mapas atual: Dust II, Inferno, Mirage, Nuke, Overpass, Train, Vertigo