CHINA INVESTE R$ 1 BILHÃO EM "CIDADE DE ESPORTS"

Complexo esportivo dedicado a esports contará com parque de diversões e estará disponível para os Jogos Asiáticos de 2022.

CHINA INVESTE R$ 1 BILHÃO EM "CIDADE DE ESPORTS"

eSportsBR

O governo chinês anunciou nesta sexta (23) que deverá investir o equivalente a um bilhão de reais na criação de uma "cidade de esports". O projeto é para a cidade de Hangzhou, capital da província de Zhejiang. O complexo contará com 17 mil metros quadrados e a princípio irá custar 1,8 bilhão de Renminbis (moeda chinesa).

O empreendimento tem previsão de ficar pronto em 2022, data em que ocorrem os Jogos Asiáticos de Hangzhou. Os Jogos Asiáticos são o segundo maior evento multiesportivo do mundo, ficando atrás apenas das Olimpíadas. Em 2018, os esports participaram pela primeira vez dos Jogos Asiáticos, como modalidade não oficial e em caráter de teste. Já em 2022, os esports passarão a integrar a lista de modalidades oficiais da competição, com direito a seleções oficiais e quadro de medalhas. Ao total, serão 13 instalações para fãs de games e atletas de esports desfrutarem.

A Cidade dos Esports servirá de apoio durante os jogos. O complexo contará com diversos recursos voltados a modalidade, como centro de treinamentos, arenas dedicadas e ala médica. Além disso, estão no projeto áreas voltadas ao entretenimento, contando com um hotel e até um parque de diversão. 

Enquanto o projeto total não é concluido, o local servirá de acomodação para a equipe de League of Legends da PSG.LGD. A organização é um dos times que participa da Legends Pro League - LPL, liga nacional chinesa do MOBA da Riot. Além da equipe de LoL, a LGD também conta com uma lineup de Dota 2, que provavelmente também deve desfrutar do complexo em breve. No início do ano a equipe chinesa também esteve nas manchetes do noticiário, quando firmou uma parceria com o Paris Saint-Germain, grande clube de futebol europeu que decidiu entrar nos esports.