Escreva o que pretende procurar e pressione ENTER para iniciar a sua pesquisa!

eSports-logo-250x250
live-news-icon

Live News

Chaos eSports Club

Imagem de: Montagem/eSports Brasil

CHAOS E PAIN SE ENFRENTAM EM PARTIDA ELIMINATÓRIA DO MDL DISNEYLAND MAJOR

Pelo menos temos certeza que uma equipe com brasileiros avançará na Lower Bracket da competição

O MDL Disneyland Major, penúltimo evento Major do Dota Pro Circuit 2018/2019 começou no último final de semana e já teve sua fase de confrontos eliminatórios decidida. Para tristeza verde-amarela, as únicas duas equipes com brasileiros em sua line up – Chaos Esport Club e paiN Gaming – se enfrentarão na primeira fase da lower bracket (chave dos perdedores). O confronto acontecerá nesta terça (07) às 12h30. Conversamos com Filipe Astini, CEO da Midas Club e entusiasta do cenário brasileiro de Dota 2, sobre a atual competição.

DESEMPENHO DOS BR'S

paiN Gaming

(Nova line up 100% brasileira da paiN Gaming. FOTO: Divulgação/paiN Gaming)

Apesar de se enfrentarem amanhã, o caminho das duas equipes até a lower bracket foi bem diferente. A Chaos chegou a ameaçar uma qualificação direta para a upper bracket (chave dos vencedores) ao ficar 1-1 no Grupo B (perdeu da Team Secret e venceu da Ninjas in Pyjamas), mas acabou deixando a chance escapar ao perder a partida de desempate com a mesma NiP.

Já a paiN Gaming não teve a mesma sorte. A única equipe 100% brasileira da competição caiu no Grupo C, considerado por muitos como o grupo mais difícil da fase inicial do Major, junto com as equipes chinesas Vici Gaming, PSG.LGD e Mineski. Mesmo com todo o talento da line up, eles não conseguiram mostrar o melhor de seu gameplay e foram mandados diretos para a lower bracket após tomar dois 2-0 (contra VG e Mineski).

Apesar da torcida, já era esperado que os brasileiros encontrassem dificuldades no Major, até mesmo a Chaos, que participou de todos eventos tier 1 do DPC desta temporada. “Temos que entender que a nossa região é muito atrasada e mesmo que você treine 10 horas por dia as equipes mais experientes também têm a dedicação para treinar essas mesmas horas, porque a competitividade move todos por lá. Nenhum time do nível de Major está acomodado, está nivelado por cima”, afirma Astini.

POUCOS PASSOS DO MUNDIAL

a5902eea1bc8f3bd80a4d142496b04e8 (800×600)

(A line up que hoje defende a Chaos Esports Club participou de todos os Majors do DPC dessa temporada. FOTO: Reprodução/Chaos Esports Club)

A equipe de Danylo “Kingrd” Nascimento tem uma motivação a mais para vencer o confronto desta terça. Caso avance de fase, a equipe fica muito próxima de conquistar uma classificação direta para o próximo The International, que acontecerá em agosto. Antes de sair a definição do confronto contra a paiN, Astini, assim como o resto da comunidade brasileira, estava na torcida por eles “Torço para que consigam a classificação direta. Depende muito do que vão mostrar nesse Major, já que TNC, EHOME e J.Storm, que estão na frente, não estão jogando. Tem que lembrar que a OG muito provavelmente deve ultrapassa-los. Fazendo com que dois desses quatro times fiquem de fora”, disse o CEO da Midas.

A previsão de Astini está caminhando para se concretizar: a OG se classificou para a upper bracket pelo Grupo D e já avançou na primeira fase da chave, ao vencer a Virtus Pro por 2 a 0. Agora os atuais campeões do TI encontram-se dentro das doze vagas de qualificação direta para o mundial, na nona posição da tabela, com 948 pontos conquistados.,

 

CONFRONTO BRASILEIRO

Se por um lado é triste o fato de termos este confronto entre as equipes favoritas dos brasileiros logo na primeira fase eliminatória, por outro já temos a certeza que pelo menos uma equipe seguirá nos representando na competição.

No duelo, alguns podem dizer que a Chaos possui uma ligeira vantagem, uma vez que é uma equipe que vem participando com constância dos eventos deste DPC, treinando constantemente com as melhores equipes do mundo. Mas pelo nível de jogo que a paiN demonstrou, principalmente na fase classificatória para a competição, será um jogo duríssimo.

Vale lembrar que a line up da paiN derrotou a equipe da Chaos por 2 a 0 no confronto que decidiu a primeira vaga sul-americana deste Major.

Para Astini, mais importante do que o resultado do jogo de manhã, é o que ele representa: “enxergo como uma oportunidade muito boa para aumentar o nível de competitividade do cenário nacional e também hypar o público com sangue novo jogando lá fora”.

O confronto entre paiN e Chaos pode ser acompanhado pela Twitch nos canais canais da Beyond The Summit PT e Miss Click TV.

Notícias Relacionadas

Torcida durante a ESL One BH
Dota 2 JÁ PODE COMPRAR O INGRESSO?

Segundo o setorista, o evento ocorreria em maio, no Rio de Janeiro

HEN1 jogando pela FURIA
Dota 2 NA CALCULADORA...

Jogando uma Vertigo irreconhecível, brasileiros não conseguem a vitória contra eUnited

FURIA durante partida pela StarSeries i-League Season 8
Dota 2 ANOTOU A PLACA?!

Brasileiros jogam de forma avassaladora contra a Isurus e largam bem no classificatório

Instagram

última imagem publicada no instagram por eSportsBR