Escreva o que pretende procurar e pressione ENTER para iniciar a sua pesquisa!

eSports-logo-250x250
live-news-icon

Live News

CBLOL: TRAJETÓRIA E O QUE ESPERAR DO FLAMENGO NA FINAL DO CBLOL

Imagem de: Divulgação/Riot games

LoL

CBLOL: TRAJETÓRIA E O QUE ESPERAR DO FLAMENGO NA FINAL DO CBLOL

Pela terceira vez a equipe disputa a final do CBLOL. Será que agora é campeã?

O Flamengo enfrenta a INTZ na final do segundo split CBLOL no próximo sábado (7), no Rio de Janeiro, a partir das 12h. O confronto, em melhor de 5, definirá o representante brasileiro no mundial deste ano. 


Novamente o Flamengo chega como favorito para a disputa, apesar de praticamente repetir o quadro do primeiro semestre de 2019. No primeiro split, Flamengo dominou a fase de grupos, passou com tranquilidade pela semifinal mas perdeu a finalíssima diante da mesma INTZ. Agora, em sua terceira final de split consecutiva, os Urubus querem levar seu primeiro título nacional de League of Legends.


A campanha, desta vez, foi mais inconsistente. De apenas uma derrota no primeiro split, o aumento foi para cinco. No entanto, sem mudanças na classificação: primeiro lugar em ambos. Flamengo ainda teve uma rodada de “bônus”, ao já ter garantido sua colocação e apenas cumprir tabela contra a já rebaixada Team One no último jogo antes dos play-offs.


Sem mudanças na line-up, o Flamengo mostrou acreditar em seus jogadores e trabalhou apenas em ajustes pontuais dos mesmos, além de tentar novas técnicas de jogo. O começo foi conturbado, com o suporte sul-coreano Luci tendo problemas pessoas e não desempenhando como poderia, chegando até a ficar afastado algumas rodadas. 


Processo que prejudicou o time, tendo que usar o “Flanalista” como peça de reposição (a princípio, ele foi inscrito apenas para compor o mínimo de jogadores necessários, e desempenha um papel maior de análise dos jogos), além de um jogo com o próprio brTT atuando de suporte. 


Após o retorno de Luci, o Flamengo ainda balançou um pouco para se reestruturar, embora o ganho com a volta do suporte titular foi notório. O outro sul-coreano da equipe, o caçador Shrimp, também deixou a desejar no início do split, não repetindo as mesmas atuações da primeira metade do ano. Aos poucos, no entanto, foi voltando a ter um bom rendimento e passou a ser fundamental na estratégia do Flamengo de novas estratégias (não jogar tanto para a rota inferior, por exemplo).


Se quiser garantir o título pela primeira vez em sua terceira final, o Flamengo terá que quebrar a barreira da melhor de 5, já que somente teve bons resultados em semifinais neste modelo. A favor, o time que já está “calibrado” e entrosado, sem modificações e com bastante experiência de jogar em um palco o título mais importante do Lol no Brasil. Contra, o fato de ser o mesmo time que o venceu ainda em 2019, numa melhor de cinco também, e que é uma das equipes mais experientes no molde de disputa em que será a final.

Notícias Relacionadas

NBA 2K League: Raptors Uprising GC quebra recorde de melhor início de temporada regular ao bater Heat e chegar a 11-0
LoL 11-0 INÉDITO!

Raptors Uprising quebra recorde de 2019 do Mavs; veja como foi o Dia 1 da Semana 8 da NBA 2K League

NBA 2K League: Magic Gaming surpreende e bate Warriors Gaming Squad
LoL WGS EM CRISE?

Duo da Flórida recuperado, Celtics zerado e Jazz embalado; veja como foi o Dia 4 da Semana 7 da NBA 2K League

NBA 2K League: em duelos emocionantes decididos por um ponto, Mavs Gaming vence Warriors Gaming Squad
LoL FINAIS EMOCIONANTES

Mavs passa pelo Warriors Gaming Squad no melhor duelo da temporada; veja como foi o Dia 3 da Semana 7 da 2KL

Instagram

última imagem publicada no instagram por eSportsBR